Você está com dificuldade de se concentrar?

Nos dias atuais a demanda de atenção tem sido muito grande. Existe uma pressão social e profissional para que estejamos conectados 24 horas por dia, respondendo mensagens e e-mails assim que recebemos, e ao mesmo tempo para que sejamos capazes de administrar trabalho, casa, família, compromissos pessoais e sociais.

Esquecer a data do médico, perder objetos, ter dificuldade de se concentrar nos estudos ou cometer erros por desatenção são eventos que podem acontecer por inúmeras causas:

1- Problemas relacionados ao sono:

É durante as fases mais profundas do sono que ocorre a consolidação da memória, dentre inúmeros outros processos necessários para que o nosso cérebro funcione bem durante o dia. A privação do sono, a insônia e apnéia do sono estão associadas a queixas de dificuldade de concentração, prejuízos de memória, menor desempenho no trabalho e nos estudos.

2- Ansiedade:

Dificuldade de se concentrar e sensação de ” ter um branco” enquanto se está falando ou pensando são sintomas que podem estar presentes no TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada). O pensamento acelerado, o estar sempre “pensando à frente” diminuem o foco e a atenção no momento.

3- Depressão:

Dificuldade de concentração, pensamento lentificado e prejuízo de memória estão entre os sintomas mais comuns da depressão. Os resultados dos testes neuropsicológicos realizados em pacientes deprimidos são similares aos resultados de pacientes com quadros de Demência.

4- Sobrecarga e Estresse:

Excesso de trabalho, acúmulo de funções, metas e exigências inatingíveis são fatores de risco para o esgotamento mental, que cursa com diminuição da capacidade de se concentrar e queda na produtividade.

5- Uso de benzodiazepínicos:

Os “calmantes” como o Clonazepam, Alprazolam e Diazepam podem ter como efeitos colaterais distúrbios de memória e dificuldade de concentração. O seu uso crônico está associado ao aumento na chance de se desenvolver quadros demenciais, como Mal de Alzheimer.

6-TDAH:

Consiste em um Transtorno do Neurodesenvolvimento, que cursa com desatenção e/ou hiperatividade e causa um impacto negativo muito grande na vida do indivíduo, normalmente desde a infância. Boa parte das crianças apresenta problemas de aprendizado e de comportamento, e são constantemente chamadas a atenção.
Para que seja feito o diagnóstico de TDAH é necessário que os sintomas estejam presentes em mais de um ambiente (na escola, em casa, com familiares, amigos) e que causem claro prejuízo na vida do paciente nas esferas social e acadêmica/ profissional.

7-Expectativas e cobranças irreais em relação à concentração e memória:

Não há quem consiga dar conta de tudo! Não se cobre de lembrar a data de um compromisso que será daqui a 1 mês, a lista de compras completa e ainda tudo o que deve ser feito no trabalho e em casa. Anote seus compromissos, use lembretes, alarmes e aplicativos que possam te ajudar. Seja gentil e compreensivo com você mesmo!

Categoria:
Rolar para cima
×